Prefeitura já realizou obras em cinco escolas municipais neste ano

Além disso, quatro instituições da rede estão com melhorias em execução, quatro já têm obras autorizadas e 19 estão no cronograma previsto pelo Município

Tudo no ambiente escolar influencia na educação e no processo de ensino-aprendizagem. Sobretudo na Educação Infantil, os espaços criativos e inovadores que propõem desafios possibilitam que as crianças vivenciem experiências que fomentem o desenvolvimento de habilidades. Pensando nisso, a Prefeitura de Passo Fundo tem realizado importantes obras de reforma das instituições municipais.

O prefeito, Pedro Almeida, lembra que, em 2021, mais de 300 intervenções, entre as de pequeno, médio e grande porte, foram executadas e destaca que, neste início de ano, cinco escolas já tiveram obras entregues, quatro estão recebendo intervenções e outras quatro têm projetos autorizados para a execução. "São melhorias em infraestrutura que atendem às necessidades individuais de cada instituição e elevam a qualidade da rede municipal. Elas são somadas aos investimentos em tecnologia e segurança recentemente feitos pelo Município, garantindo que as escolas tenham espaços adequados, acessíveis, seguros e que estimulem o conhecimento e novas habilidades", afirma.

Conforme o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, todas as obras realizadas nas instituições atendem às demandas elencadas pela comunidade escolar. “Fizemos uma consulta aos diretores ainda em 2021, solicitando as demandas de infraestrutura de baixa, média e alta prioridade. Começamos a solucioná-las pelas de alta prioridade", pontua, enfatizando que outras 19 escolas, de Educação Infantil e Ensino Fundamental, estão com obras previstas para acontecer.

Outra conquista da rede municipal de educação é a equipe de manutenção dedicada às escolas municipais que, só em fevereiro de 2022, realizou mais de 70 intervenções de pequeno e médio portes em nossas escolas. O secretário de Educação destaca que, a partir de 2023, “teremos condições de trabalhar em uma dinâmica preventiva de manutenção de nossas escolas”.

Obras realizadas

EMEI Abelhinhas
A escola passou para o espaço onde era a EMEF Nossa Senhora Aparecida e recebeu adaptações e reforma para atender às necessidades das crianças de educação infantil.

EMEI Santa Isabel
A escola era administrada pela Obra Social São Vicente de Paulo. Em 2021, o Município de Passo Fundo celebrou um termo de cooperação com esta instituição, passando a assumir administrativamente a escola. Desta forma, o local foi todo remodelado para receber as crianças neste ano.

EMEI Vovó Nelly
Mudou de local e passou a funcionar em uma estrutura própria do Município. O novo local é mais amplo e com estrutura mais qualificada para receber as crianças. A mudança também possibilitou o aumento do número de crianças atendidas.

EMEI Cantinho da Ritinha
A escola foi toda reformada. Entre as intervenções, foram realizadas a troca total do telhado, a pintura interna e externa do prédio, a cobertura nos solários, a troca de portas e a colocação de gesso no hall de entrada.

EMEI Menino Deus/Professor Bandana
A escola foi toda reformada. Teve troca total do telhado, pintura interna e externa, cobertura nos solários, troca de portas, remodelação para um melhor aproveitamento dos espaços comuns e colocação de gesso no hall de entrada.

Obras em execução

EMEI Estrela da Manhã
Está recebendo a substituição do telhado do prédio, que era de telhas de barro e será de aluzinco, pintura interna e troca do piso e de parte da rede de esgoto. As intervenções estão em fase de conclusão.

EMEF São Luiz Gonzaga
A obra conta com reforma do prédio antigo térreo, troca do piso, aberturas, banheiros e pintura.

EMEF Notre Dame
Está fase de conclusão a reforma do ginásio e de parte do muro, a construção de rampa de acessibilidade para o ginásio e pátio dos fundos.

EMEF Prof Helena Salton
Está sendo concluído o fechamento do pavimento térreo, a reforma do telhado, do forro, dos beirais e do piso.

Obras já autorizadas

EMEF Jardim América
passará por obra de reconstrução do muro da parte dos fundos e reforma da sala de professores, sala de recurso e dispensa.

EMEI Prof José Laudário Hauphental-
Receberá reforma no forro, piso e parte das salas de aula.

EMEF Padre José de Anchieta
Terá o fechamento do pátio com muros pré-moldados e portões metálicos.

EMEF Eloy Pinheiro Machado
No local, serão construídas mais duas salas de aula.

Projetos da Educação em Passo Fundo servem de exemplo para outros municípios do Estado

Os projetos inovadores desenvolvidos pela Prefeitura de Passo Fundo na área de Educação têm despertado o interesse de outros municípios


Os projetos inovadores desenvolvidos pela Prefeitura de Passo Fundo na área de Educação têm despertado o interesse de outros municípios, que pretendem reproduzir as experiências positivas nas suas redes públicas. Nesta semana, uma equipe da Prefeitura de Porto Alegre esteve reunida, de forma on-line, com o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, para conhecer detalhes de ações ligadas à tecnologia e à inovação, e também os projetos com foco no período pós-pandemia.
Uma das iniciativas que chamou a atenção dos gestores da Capital foi o Centro Pós-Covid, que será inaugurado pela Prefeitura de Passo Fundo nas próximas semanas. O espaço especializado contará com equipe multidisciplinar dedicada ao tratamento de questões psicopedagógicas decorrentes do processo de isolamento social, que tenham efeito direto sobre a aprendizagem dos estudantes.
O secretário Adriano destacou o esforço do Município para a redução dos impactos causados pela pandemia na aprendizagem dos alunos. Ele explicou o funcionamento da avaliação diagnóstica, uma ferramenta digital construída pela Secretaria para identificar as habilidades e competências que não foram desenvolvidas entre os alunos e, a partir disso, criar um plano de ação pedagógica específico para cada escola. 
Uma das ações que ajudará nesse processo de retomada é o projeto dos professores YouTubers. Quatro professores da rede municipal nas áreas de Linguagens, Matemática, Ciências e Ciências Humanas deverão gerar conteúdo para tratar essas habilidades não desenvolvidas durante a pandemia. Adriano explica que, como os alunos estão dispersos nas escolas da rede, a opção por professores que trabalham no ambiente digital possibilita maior agilidade e cria possibilidades reais de aceleração daqueles elementos que não foram devidamente desenvolvidos no período de pandemia. 
O secretário Adriano também destacou os investimentos feitos pelo Município em tecnologia, com a compra de câmeras de videomonitoramento, notebooks, tablets, computadores e TVs 50 polegadas para as escolas da rede municipal. Esse esforço, conforme o secretário, vai ao encontro do tripé pensado pela gestão do prefeito Pedro Almeida para a educação: ciência, tecnologia e inovação. Inclui, ainda, projetos como os Learning Spaces, espaços de aprendizagem que substituem os antigos laboratórios de informática com estruturas físicas diferenciadas. 
Jonas Machado, Coordenador de Planejamento Estratégico na Prefeitura de Porto Alegre, lembrou que as duas cidades fazem parte da rede brasileira de Cidades Educadoras, o que aproxima ainda mais as gestões. “É muito bom poder trocar experiências sobre Educação, ainda mais quando o trabalho é feito por pessoas apaixonadas pelo tema. A Prefeitura de Passo Fundo está de parabéns pelas iniciativas inovadoras e Porto Alegre fica à disposição para discutir não apenas educação, mas qualquer assunto de interesse da comunidade”, afirmou.

Foto: Michel Sanderi

Projetos pedagógicos da rede municipal preparam os alunos para o futuro

Entre os projetos trabalhados com os alunos, está o da Cultura Digital, que levará a todos a programação de computadores


Os projetos pedagógicos criam oportunidades de promoção de uma educação voltada ao futuro, transversal aos conteúdos curriculares e com potencial para transformar o olhar dos alunos. Visando qualificar ainda mais a Rede Municipal de Ensino, a Prefeitura traz para o ano letivo de 2022 a inserção de projetos pedagógicos que criam aos estudantes condições para que ampliem as suas possibilidades de ação no mundo.

O prefeito, Pedro Almeida, pontua que o Município vem aplicando investimentos que permitem que as escolas sejam laboratórios e locais de experimentação. “Ao encontro da concepção de educação que o governo municipal desenvolveu a partir dos parâmetros globais, a Prefeitura tem proporcionado a execução de iniciativas com recursos. Nesta semana, entregamos o maior investimento em tecnologia, que contempla novos equipamentos para alunos e professores: são 1400 notebooks, 760 tablets e 500 televisões, que chegarão a todas as escolas nos próximos dias. Além disso, fizemos a reforma da rede lógica e do sistema de informação das instituições. Qualificando a educação, queremos que as crianças sejam parte das soluções do mundo”, menciona.

Conforme explica o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, a seleção dos projetos observa as grandes demandas e tendências globais da educação. “Os projetos trazem para a grade curricular oportunidades para o desenvolvimento de habilidades que vão além das convencionais, como Matemática, Português e Ciências Naturais. Eles antecipam questões fundamentais dentro de um contexto de formação dos cidadãos no século XXI e são trabalhados de forma interdisciplinar, estruturada e integrada com os alunos”, afirma.



Projetos e níveis de ensino

O projeto pedagógico que pautará todo o Ensino Fundamental é o da Cultura Digital, que envolve um conjunto de práticas, costumes e formas de interação social a partir da tecnologia. “Cem porcento dos alunos vão trabalhar com questões relacionadas à tecnologia, com pensamento crítico, responsabilidades, segurança e programação de computadores. Esse é um dado importante: estamos entre os 10 primeiros municípios do Brasil que desenvolvem a Cultura Digital para todos os seus alunos, culminando na programação de computadores, uma habilidade essencial para os profissionais de qualquer área no século XXI”, considera o secretário.

Além disso, segundo ele, outros projetos foram pensados por nível de ensino: os anos iniciais do Ensino Fundamental também trabalharão a Cidadania Global. “A Cidadania Global propõe reflexões de que todos nós fazemos parte de um mundo muito maior do que aquele que está ao nosso redor e que isso, antes de ser uma ameaça, é uma oportunidade. Os alunos poderão conhecer outras culturas e identificar como elas podem qualificar a nossa própria cultura, em um processo avaliação da constituição cultural de povos baseado em empatia, respeito e tolerância. Na nossa rede, temos quase 200 alunos imigrantes, e isso evidencia aos estudantes que todos nós somos cidadãos do mundo”, destaca.

Já os estudantes dos anos finais terão atividades dentro do projeto de Pensamento Científico. “Aqui, eles poderão verificar problemas que existem, por exemplo, na comunidade e propor soluções. Ainda, desenvolver protótipos para tirar as soluções do mundo das ideias e colocar em prática para entregar à sociedade. Essa é uma iniciativa que extrapola os muros da escola, conectando os alunos com o mundo”, aponta.

Mais um projeto que será levado aos alunos do primeiro ao quinto ano é o da Leitura. Seu objetivo, além de fomentar a leitura, buscará acelerar a alfabetização. Para isso, o Município assinou a plataforma Arte dos Livros, com 30 mil títulos que podem qualificar as oportunidades de leitura para as crianças e jovens de nossas escolas.

É possível apontar que estes projetos pedagógicos criam um contexto educacional em Passo Fundo que, além de potencializar a utilização de toda a infraestrutura disponibilizada e considerar o processo intenso de formação de professores em movimento desde 2021, antecipa e concretiza aquelas características e demandas que, até então, eram vistas como exclusivas de um futuro distante.

Educação: Prefeitura realiza maior investimento em tecnologia da história da rede municipal

Município adquiriu 1.400 notebooks, 760 tablets e 500 TVs 50 polegadas, além de computadores e projetores multimídia para as escolas

Em um ato simbólico realizado na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Etelvina Rocha Duro, nesta quinta-feira (10), a Prefeitura de Passo Fundo concretizou o maior investimento em tecnologia que a rede municipal já recebeu. Foram cerca de R$ 12 milhões investidos na compra de 1.400 notebooks para o Ensino Fundamental; 760 Tablets para a Educação Infantil; 500 TVs 50’ para salas de aula de todas as escolas; 80 computadores para parte administrativa da rede; 76 projetores multimídia para a rede e 18 computadores Gamer para Prisma Espaço Geek; além da reforma da rede lógica de todas as escolas de Ensino Fundamental.

O investimento se soma às câmeras inteligentes de videomonitoramento, que já foram instaladas pela Prefeitura nas mais de 70 escolas da rede municipal de ensino e compõem, a partir deste ano, um novo cenário experimentado por alunos e professores no ambiente escolar. Com formação de professores e diversos projetos pedagógicos voltados para a utilização e o amplo acesso à tecnologia no espaço das salas de aula, o Município está investindo na modernização estrutural e na aquisição de equipamentos que pretendem modernizar a educação pública, elevando os índices de aprendizagem e preparando os estudantes para os desafios da sociedade da informação.

“É o maior investimento que a Prefeitura já fez na área. Ele incentiva a inovação e promove a qualificação da nossa rede municipal de educação. Precisamos garantir o acesso das crianças à tecnologia e dar condições de trabalho para nossos professores”, destacou o prefeito Pedro Almeida.

De acordo com o prefeito, ao longo do último semestre de 2021, as escolas municipais receberam reformas e melhorias na rede lógica e nos sistemas de informação, preparando-as para a inserção destas novas ferramentas entregues nesta semana pela Prefeitura. “Agora, estes equipamentos serão distribuídos a cada escola municipal e servirá como um recurso poderoso para a formação dos nossos estudantes”, argumentou.

O vice-prefeito, João Pedro Nunes, também acompanhou a solenidade e reforçou a importância da destinação de recursos para a melhoria das escolas, sobretudo no que diz respeito à tecnologia. “O que nós estamos construindo para a rede municipal de educação são condições e oportunidades de crescimento para todos os alunos. Nossa responsabilidade com a educação é imensa e os esforços desta gestão estão à altura dos desafios sociais da atualidade”, observou João Pedro.

Entrega e instalação
Conforme o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, os televisores e equipamentos serão encaminhados e instalados em todas as escolas durante o primeiro semestre. “Enquanto ocorre este processo, as escolas poderão utilizar os notebooks disponibilizados e que contam com um sistema operacional educacional customizado pela Secretaria de Educação”, explicou Teixeira.

Para o secretário, estes equipamentos promovem a criação de uma infraestrutura tecnológica que dará suporte não somente aos professores em sala de aula mas também para a execução de projetos inovadores implementados na rede. “É importante salientar que a disponibilização de tecnologia de ponta em nossas escolas, aliado ao processo contínuo de formação de professores e aos processos pedagógicos orientados ao futuro, estamos oportunizando aos nossos alunos e alunas acesso ao que existe de mais moderno em termos de educação”.

A coordenadora pedagógica da EMEF Etelvina Rocha Duro, Elisângela de Assis Stocco, acredita que os investimentos em tecnologia feitos pela Administração Municipal vão ser determinantes para o presente e o futuro da educação em Passo Fundo. “Nossa Escola já vem recebendo melhorias em diversas áreas e, agora, com os notebooks, computadores e aparelhos de televisão tenho certeza que daremos um salto em educação, estimulando nossos alunos a participarem cada vez do espaço escolar, assumindo o protagonismo em suas atividades”, declarou ela, reforçando o compromisso da instituição com o papel ativo dos estudantes nos processos de ensino e aprendizagem. “A tecnologia é um diferencial importante para fortalecermos ainda mais essa relação”.

Aos 12 anos, Nicolas da Silva de Britto disse que o uso da tecnologia em sala de aula é transformador. “Ter notebooks e um televisor em sala de aula à disposição de todos é legal, porque vai facilitar a interação com os conteúdos que os professores trazem. Estou animado com essa perspectiva”, relatou.

A entrega dos equipamentos adquiridos pela Prefeitura de Passo Fundo também foi acompanhada pelo presidente da Câmara de Vereadores, Evandro Meireles.

Foto: Michel Sanderi

Cinco novas escolas

Prefeito Pedro anuncia construção de cinco novas escolas municipais e mais de mil vagas

O prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida, anunciou nesta quarta-feira (09), que o município fará a construção de quatro novas Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEI’s) e uma de Ensino Fundamental, criando aproximadamente mil novas vagas para a rede de ensino a partir da entrega destes espaços. O edital para a contratação das empresas que farão os projetos técnicos das instituições foi publicado no Diário Oficial do Município nesta terça-feira (08), dentro da Semana Municipal da Educação.

Conforme o prefeito, os investimentos em educação vão qualificar e ampliar o acesso das crianças à rede pública de ensino. “Há uma demanda por novas vagas nas escolas de educação infantil e a Prefeitura está trabalhando para garantir a universalização do atendimento”, destacou ele, anunciando que os espaços serão construídos em bairros diferentes, melhorando também a distribuição das vagas entre as regiões de Passo Fundo.


De acordo com Pedro, receberão as obras das novas escolas os bairros César Santos, Cidade Nova, Valinhos, Maggi de Césaro e Petrópolis. “Nos bairros César Santos, Cidade Nova, Valinhos e Maggi de Césaro, as secretarias de Educação e a de Planejamento já mapearam as áreas públicas compatíveis para a construção. Para a EMEF do bairro Petrópolis, a Prefeitura lançará um outro edital para a aquisição de uma área que atenda as necessidades da construção da escola”, argumentou o prefeito.


Segundo o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, no bairro César Santos a nova EMEI substituirá o prédio até então utilizado para o funcionamento da Escola Toquinho de Gente. “Estas escolas serão feitas em bairros cuja demanda é bastante significativa, a partir das demandas mapeadas pelo sistema informatizado de gerenciamento da educação utilizado pela Central Municipal de Vagas. A EMEI que será construída no bairro Cidade Nova, por exemplo, vai atender também a região do bairro Vera Cruz”, explicou.


Adriano também reforçou que as novas escolas municipais estão sendo planejadas atendendo ao projeto de modernização tecnológica desenvolvido pela Secretaria de Educação. “Para além da ampliação do número de vagas, isto compreende uma série de aspectos que tratam da inovação e da educação para o futuro, um conceito que estamos trabalhando em toda a rede de ensino”, defendeu.


Na educação infantil, o espaço também é um aliado nas descobertas e experiências vivenciadas pelas crianças, sendo possível, também por meio dele, estimular o seu desenvolvimento integral. "Com a construção das escolas, é possível pensar e planejar um lugar repleto de sentido para as crianças viverem sua infância", destaca a professora Deisi de Oliveira, coordenadora do núcleo de Educação Infantil da SME.


Foto: Michel Sanderi

Prefeitura reabre EMEI Santa Isabel

Escola atenderá 110 crianças no bairro Lucas Araújo

Um dia após a inauguração da EMEI Criança Feliz, a Prefeitura de Passo Fundo promoveu nesta terça-feira (08) um ato para marcar a reabertura da Escola Municipal de Educação Infantil Santa Isabel, no bairro Lucas Araújo. A nova EMEI Santa Isabel é uma parceria entre a Prefeitura e a Obra Social São Vicente de Paulo e vai atender cerca de 110 crianças.


“Havia uma demanda grande por vagas no bairro e a reabertura da escola nos dá oportunidade de ofertar educação para dezenas de crianças. A Prefeitura segue trabalhando para ampliar as vagas de Educação Infantil e em breve teremos mais novidades nessa área”, afirmou o prefeito Pedro Almeida.

Em 2021, a Prefeitura assumiu a escola e realizou uma série de melhorias na estrutura da instituição, incluindo troca do forro, pintura interna e externa, remodelação dos espaços e revisão da rede elétrica e hidráulica para melhor acolher a comunidade escolar. “A reinauguração da escola contribui com o esforço do Município de ampliar o atendimento nessa etapa tão importante que é a Educação Infantil, e também marca o retorno da escola para a responsabilidade do município”, observou o secretário municipal de Educação, Adriano Canabarro Teixeira.


Antes de ser assumida pela Prefeitura, a escola era mantida pelos Vicentinos, que buscou apoio do Município para que a instituição seguisse atendendo as famílias. O presidente dos Vicentinos da comunidade Santa Isabel, Deonir de Marco, falou sobre a importância da instituição. ";Hoje, temos aqui mais uma prova concreta de que esse projeto vai continuar com o Município assumindo definitivamente a manutenção, o controle e as atividades dessa escola. Nós ficamos felizes porque aquele sonho lá de trás, que precisou parar com a pandemia, pelo fato de os vicentinos não terem especialização para esse tipo de atividade na área da educação, vai ter continuidade. É muito importante que a comunidade do bairro tenha essa escola para as crianças";, considerou.


A diretora da escola, Bianca Arnold, destacou que a reabertura marca mais um capítulo da história da EMEI Santa Isabel, da comunidade e das crianças da Lucas Araújo. “É pelas crianças que hoje estamos aqui e que toda a infraestrutura da escola foi repensada, com espaços projetados para a convivência, aprendizagem, onde cada uma se sinta acolhida e desenvolva suas competências e habilidades”, afirmou.  


A instituição vai atender aproximadamente 110 crianças, na etapa creche (3 anos) e pré-escola (4 e 5 anos). As crianças que aguardam em listas de espera junto à Central de Matrículas, por meio do sistema de gestão educacional, e que fazem parte do zoneamento da instituição, poderão ser atendidas.


Fotos: Michel Sanderi

Prefeitura inaugura Escola Criança Feliz

Cerca de mil novas vagas serão criadas a partir da entrega dos espaços. Edital para contratação das empresas que farão os projetos técnicos foi publicado

Dentro da programação da Semana Municipal de Educação, a Prefeitura de Passo Fundo inaugurou nesta segunda-feira (07) a Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Criança Feliz, na Rua Manoel Portela, entre os bairros Petrópolis e Annes. A antiga escola, última do Município com estrutura de madeira, foi substituída por um prédio totalmente novo, projetado para ser um espaço acolhedor e seguro para crianças e professores.


A obra havia iniciado na gestão do ex-prefeito Luciano Azevedo e a conclusão dos trabalhos foi um compromisso assumido pelo governo de Pedro Almeida. “Esse é mais um investimento importante na área de Educação que estamos entregando à comunidade. Essa escola foi pensada e planejada na gestão do prefeito Luciano e temos a alegria de continuar o trabalho e entregar esse compromisso assumido com a cidade. Agora, as crianças do bairro e arredores contam com uma escola à altura do que necessitam e esperam”, afirmou o prefeito Pedro.


O secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, enfatizou que para além da ampliação de vagas na educação infantil, esta etapa de ensino terá uma atenção adicional em 2022 por conta do processo de retomada no pós-pandemia mas, sobretudo, para a qualificação do serviço prestado. “Dentre as ações que terão desdobramentos positivos na Educação infantil, está o aumento da capacidade de atendimento, em especial na etapa creche, a modernização e qualificação dos recursos pedagógicos disponibilizados para os professores e o Centro Pós-Covid de Combate à Desigualdade Educacional, projeto pioneiro no Brasil que atenderá também as crianças da Educação Infantil”, explicou.


Além de contar com salas convencionais para os alunos, professores e direção, a escola, com área de 862 metros quadrados, possui salas de recursos e de atividades múltiplas, refeitório, playground e pátio coberto. A área de apoio compreende cozinha, copa, lavanderia, sanitários e vestiário para funcionários.
“A inauguração da Criança Feliz é um marco para a comunidade, que aguardou muito tempo por uma estrutura adequada. Agora a escola conta com ambientes muito mais amplos, coloridos, seguros, realmente planejados para a Educação Infantil. Toda a questão estrutural ajuda no processo de ensino e de aprendizado das crianças, fortalece as experiências e cria muitas oportunidades para que as crianças se desenvolvam de uma forma plena”, afirmou a diretora Janusia Guedes Fontes.


O vice-prefeito João Pedro Nunes destacou a qualidade da rede municipal de Educação e o trabalho desenvolvido pelos professores. O presidente da Câmara Municipal, vereador Evandro Meireles, e a vereadora Regina Costa dos Santos valorizaram a nova estrutura construída pelo Município. “Acompanhei desde o início a reivindicação pela nova escola. Lembro que o prefeito Luciano prometeu que teríamos um novo espaço e valeu a pena esperar. A entrega hoje pela gestão do prefeito Pedro é uma conquista da comunidade”, afirmou a vereadora Regina.


O novo prédio possibilitou a ampliação do número de vagas da instituição, de 50 para aproximadamente 150 crianças. Além de atender a comunidade dos bairros Annes e Petrópolis, a instituição recebe alunos de outros bairros, como Núcleo Ferroviário e Centro.


Foto: Michel Sanderi