Programa de saúde no bairro Zachia recebe selo estadual de boas práticas

Adesão da Prefeitura à Rede Bem Cuidar (RBC) fortalece a relação entre a Unidade Básica de Saúde (UBS) e a população idosa daquela comunidade, melhorando o atendimento em atenção primária. Certificação com o Selo Bronze da RBC reforça compromisso do Município com a saúde pública

Qualificar a atenção primária em saúde da população idosa é uma das metas da Prefeitura de Passo Fundo para garantir a ampliação do acolhimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. Com ações diversificadas, a Administração vem estruturando serviços e projetos buscam garantir acesso e cobertura integral aos idosos na rede pública. Uma destas ações vem sendo realizadas no programa de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do bairro José Alexandre Zachia.

De acordo com o secretário Adjunto de Saúde, Luís Schneider, a Unidade foi indicada pelo Município para receber os investimentos do programa Rebe Bem Cuidar (RBC), um programa elaborado pela Secretaria Estadual de Saúde que preconiza aportes financeiros e também cursos de qualificação para que os profissionais médicos, farmacêutica, enfermeiros, técnicos de Enfermagem, dentistas, auxiliar de saúde bucal, agente comunitária de saúde e fisioterapeuta atendam esta população em suas particularidades. “O programa tem estimulado um trabalho da equipe do Zachia bastante focado nos idosos. E os resultados já começaram a aparecer, pois a UBS está recebendo do Estado o selo bronze de Unidade Amiga do Idoso. É um reconhecimento e um estímulo aos esforços dos profissionais e da Prefeitura em aderir e incentivar à RBC”, comentou Schneider.

Na prática, explicou a enfermeira coordenadora da ESF, Fernanda Mathioni Kipper, a Rede Bem Cuidar fortalece as iniciativas que já vinham sendo realizadas na comunidade. “Nossa Unidade tem uma característica de estar muito próxima da população, sobretudo dos idosos. Então, já tínhamos um trabalho neste sentido. A adesão do Município à RBC amplia as ações de atenção primária a este público”, disse Fernanda, acrescentando que a conquista do selo bronze é uma etapa importante para validar este trabalho. “A RBC se constitui em ciclos de atuação, com metas e objetivos definidos para cada um deles. Atingindo os indicadores em cada etapa, a Unidade recebe um selo que a caracteriza e a premia como Amiga do Idoso”.

Conforme ela, entre as metas atingidas pela equipe e que asseguraram a conquista do selo Bronze estão o levantamento populacional dos idosos residentes no bairro Zachia, a avaliação multidisciplinar de um percentual desta população, a mensuração dos impactos de saúde, motores e psicossociais em seu dia a dia e a elaboração de uma proposta de trabalho envolvendo todas as áreas da atenção primária. “Através desse diagnóstico foi possível entender as condições de vida e acompanhar os idosos, identificando suas necessidades cotidianas, os fatores de risco e, em alguns casos, dialogar com suas famílias a respeito de um envelhecimento saudável”, revelou Fernanda.

Além do selo bronze, a Unidade também recebeu recursos financeiros para serem aplicados na estrutura dos atendimentos e na melhoria de alguns equipamentos utilizados diariamente pela equipe. “O recurso auxilia, mas o mais importante deste programa é a revisão na maneira como atendemos a população idosa. Através das práticas da Rede Bem Cuidar nós conseguimos olhar para cada caso em sua particularidade, acionando os esforços necessários para garantir um melhor acolhimento aos idosos da comunidade”, enfatizou Fernanda.

No bairro Zachia a ESF atende cerca de 230 idosos. “Agora, neste segundo ciclo da RBC, daremos sequência aos projetos implementados até o momento e faremos novas ações para, ao final da etapa, buscarmos o selo prata”, finalizou Fernanda.

Cais Boqueirão voltará a realizar atendimentos habituais na próxima semana

A partir de segunda-feira, 28 de março, a unidade não atenderá mais Covid-19


A partir da próxima segunda-feira, 28 de março, o Cais Boqueirão deixará de atender Covid-19 e voltará a realizar os serviços habituais. A reestruturação foi feita pela Secretaria Municipal de Saúde diante da queda dos indicadores da pandemia.

Conforme a secretária da pasta, Cristine Pilati, a população poderá buscar a unidade para atendimentos como consultas médicas com clínico geral e pediatra. “Todos os serviços que eram prestados antes voltarão a ser executados pelas equipes de saúde no local. As consultas, por livre demanda, retornarão na segunda-feira. Já a sala de vacinação retornará gradativamente”, pontuou.

Atendimentos de Covid-19
Com a mudança, os casos de suspeita ou confirmação de Covid-19 serão centralizados no Cais Petrópolis, que, em 2020, foi a primeira unidade adaptada pelo Município para suprir a demanda do coronavírus. O local funciona todos os dias, 24 horas.

Publicado em: Saúde

Atualizado em 26 de setembro de 2022.

Cronograma de vacinação de 21 a 25 de março

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o cronograma da vacinação contra a Covid-19 para a próxima semana, entre os dias 21 a 25 de março

Serão disponibilizadas primeiras, segundas e doses de reforço. Confira:

21, 23, 24 e 25 de março

1ª dose

Pessoas acima de 12 anos, gestantes e puérperas

2ª dose Pfizer

Adolescentes que receberam a primeira dose até o dia 21 de fevereiro

*Enquanto houver doses

3ª dose

Pessoas acima de 18 anos que receberam a segunda dose até 21 de novembro

*Enquanto houver doses

Locais:
Cais Vila Luíza, Cais Hípica; UBS Vila Nova; Ambulatório de Especialidades; ESF Nenê Graeff; ESF Zachia; Ambulatório São José; ESF Donária/Santa Marta; ESF São Luiz Gonzaga; UBS Parque Farroupilha; ESF Adirbal Corralo; ESF Planaltina; ESF São Cristovão; ESF Adolfo Groth; e ESF Jaboticabal.

Horários:
ESF, UBS e ambulatórios: das 8h às 11h30 e das 13h às 16h

Cais: das 8h às 16h

22 de março

1ª dose

Crianças de 5 a 11 anos

Documentos necessários: Carteira de vacinação e CPF ou Cartão SUS

2ª dose Pfizer

Crianças que receberam a primeira dose de Pfizer até o dia 26 de janeiro

2ª dose Coronavac

Crianças que receberam a primeira dose de Coronavac até o dia 22 de fevereiro

Locais:
Cais Vila Luíza, Cais Hípica; UBS Vila Nova; Ambulatório de Especialidades; ESF Nenê Graeff; ESF Zachia; Ambulatório São José; ESF Donária/Santa Marta; ESF São Luiz Gonzaga; UBS Parque Farroupilha; ESF Adirbal Corralo; ESF Planaltina; ESF São Cristovão; ESF Adolfo Groth; e ESF Jaboticabal.

Horários:
ESF, UBS e ambulatórios: das 8h às 11h30 e das 13h às 16h

Cais: das 8h às 16h

*Neste dia, não haverá aplicação de outras vacinas nas unidades

22, 23 e 24 de março

2ª dose Coronavac

Pessoas que precisam completar o esquema vacinal

*Enquanto houver doses

2ª dose AstraZeneca

Pessoas que precisam completar o esquema vacinal

Intervalo mínimo 8 semanas

*Enquanto houver doses

Reforço Janssen

Pessoas acima de 18 anos que receberam a primeira dose da Janssen há, no mínimo, dois meses

*Enquanto houver doses

Local: Central de Vacinas

Horário: das 8h às 12h

25 de março

Dose adicional adolescentes

Adolescentes de 12 a 17 anos imunocomprometidos

Intervalo mínimo de 8 semanas da segunda dose

3ª dose imunossuprimidos

Local: Central de Vacinas

Horário: das 8h às 12h

Se encaixam como imunossupressão:
- imunodeficiência primária grave
- quimioterapia para câncer
- transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
- pessoas vivendo com HIV/Aids
- uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona ou equivalente por ≥14 dias
- uso de drogas modificadoras da resposta imune;
- pacientes em hemodiálise
- pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias)

Publicado em: Saúde

Atualizado em 21 de março de 2022.