Prefeitura abrirá inscrições para 19 cursos da Escola das Profissões nesta semana

Período de inscrições será entre os dias 05 a 12 de outubro, através do site da Escola das Profissões

As pessoas interessadas em buscar qualificação profissional receberão nova oportunidade da Prefeitura de Passo Fundo para participar dos cursos da Escola das Profissões. A partir desta quarta-feira (5), serão abertas as inscrições para 19 novos cursos, totalizando 490 vagas gratuitas para a profissionalização em diversas áreas.

As inscrições acontecerão de 05 a 12 de outubro, pelo site http://eprof.educapf.org. O prefeito Pedro Almeida destacou que a Escola das Profissões já teve 18 cursos finalizados e conta com 16 em andamento, beneficiando cerca de 600 alunos. “A Escola das Profissões é mais uma ação da Prefeitura para dar oportunidade às pessoas. A partir da qualificação, elas estarão mais preparadas para garantir uma vaga no mercado de trabalho ou iniciar o seu próprio negócio”, afirmou o prefeito.

As aulas dos cursos da Escola das Profissões acontecem atualmente nos espaços das faculdades Anhanguera e Ideau. Podem se inscrever para os cursos profissionalizantes todas as pessoas com mais de 15 anos. Terão prioridade para a seleção gestantes e mães
acompanhadas pelo programa Meu Bebê, Meu Tesouro, pessoas que participaram do Café com Emprego, imigrantes, pessoas com deficiência e pessoas beneficiárias do CadÚnico, que deverão fazer a comprovação durante a inscrição.

De acordo com a coordenação da Escola das Profissões, é fundamental que o candidato verifique antes de realizar a inscrição a data de início e de término dos cursos e também o horário em que o mesmo acontecerá, para evitar desistência e permitir que sejam selecionadas as pessoas que têm possibilidade de acompanhar as aulas.

A estimativa é que, ainda neste segundo semestre de 2022, mais de 50 capacitações gratuitas sejam promovidas. Os cursos são divididos em três eixos: o “Profissionais do Futuro”, destinado ao desenvolvimento de habilidades como línguas e o desenvolvimento de tecnologias sociais; o “Qualific@REE”, que incentiva o empreendedorismo e está ofertando os 19 cursos, nesta edição; e o “Update”, que tem como foco atender a indústria com mão de obra qualificada.

19 novos cursos
Curso / Turno / Vagas

Corte e Costura I / Manhã / 20
Corte e Costura I Tarde 20
Inglês para Atendimento ao Público / Manhã / 30
Assistente de Logística / Manhã / 30
Recepcionista / Manhã / 30
Maquiagem I / Manhã / 20
Atendente de Farmácia / Tarde / 30
Cuidados à Criança / Tarde / 30
Elaboração de Planilhas / Manhã / 20
Criação de Jogos Digitais II / Tarde / 20
Design de Sobrancelhas / Tarde / 20
Cabeleireiro Nível I – Procedimentos e Química / Manhã / 20
Estética Facial / Tarde / 20
Cuidador de Idosos / Manhã / 30
Doces e Salgados / Manhã / 20
Gastronomia I - Iniciante / Tarde / 20
Inglês para Atendimento ao Público / Noite / 40
Vendas e Negociação / Noite / 40
Assistente Comercial (Vendas) / Noite / 30

Cronograma:

Inscrições no site
05 a 12 de outubro

Seleção
13 de outubro

Divulgação dos selecionados
14 de outubro

Confirmação da matrícula dos selecionados
14 a 19 de outubro

Início das aulas
24 de outubro

Escola das Profissões: cursos promovem inclusão e novas oportunidades de acesso ao mercado de trabalho

Com cursos nas áreas de estética e beleza, culinária, gastronomia e atenção ao idoso e à criança, programa da Prefeitura está trabalhando a qualificação dos passo-fundenses para aumentar a geração de emprego no município

Ação concreta da Prefeitura de Passo Fundo para atender a crescente demanda por qualificação profissional no município, a Escola das Profissões tem se constituído como um espaço de inclusão social e promoção do acesso ao mercado de trabalho. Com 32 cursos sendo realizados em duas estações – nas faculdades Anhanguera e Ideau –, o programa já está atendendo a cerca de 600 pessoas, em 35 turmas nas áreas da estética e beleza, culinária, gastronomia e atenção ao idoso e à criança, além da parceria com o Senai nos cursos do setor metalmecânico.

O prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida, participou, nesta semana, das aulas nos cursos de Cuidador de Idosos e de Doces e Salgados, conversando com as participantes sobre o andamento das atividades e os processos de aprendizagem. “A Escola das Profissões surge em paralelo a outro programa do governo municipal, que é o Café com Emprego. Ali, nós identificamos que muitas das vagas abertas pelas empresas necessitam de pessoas com qualificação. Então, pensamos nesse projeto mais amplo que é a formação profissional e o acesso ao mercado de trabalho”, disse Pedro.

Uma das alunas que participou do curso de Cuidador de Idosos, Lorena Grosseli contou que já tinha experiências na área, mas para procurar emprego em clínicas geriátricas e casas de repouso era preciso apresentar um diploma ou certificado de capacitação. “Eu tentei por muito tempo, mas todos os cursos eram muito caros. Quando eu fiquei sabendo que a Prefeitura daria esta formação de graça, fiz logo minha inscrição. Estou realizando um sonho de mais de 20 anos”, relatou ela, avaliando de forma positiva a estrutura da Escola das Profissões. “As pessoas costumam achar que porque algo é graça, não tem qualidade. Mas, é muito ao contrário. Os professores aqui são ótimos, os conteúdos muito atuais e o cuidado da equipe com a gente é fundamental. Só tenho a agradecer”.

Colega de Lorena, a Kelly Rodrigues fez o curso porque teve na família uma experiência relativa ao cuidado com o idoso. “Quando minha mãe adoeceu, não tinha a quem recorrer. Eu cuidei dela e acabei gostando dessa atividade. Afeto e carinho são importantes, mas a técnica também é. Aqui na Escola das Profissões a gente aprendeu tudo isso”, elogiou.

Auxílio para empreender
No laboratório que reproduz uma cozinha doméstica, a turma do curso de Doces e Salgados produzia massas para bolos e doces diversos. Em cada estação de trabalho, as alunas comentavam suas experiências e desejos profissionais. Uma delas, a Grasieli Carvalho, produz tortas em sua casa para comercializar. Ela também faz parte de outro programa da Prefeitura, o Meu Bebê, Meu Tesouro, que presta atendimentos e o acompanhamento às mães e aos bebês. “A produção de doces é uma boa fonte de renda para mim, que precisa trabalhar em casa. Tenho uma filha pequena, estou grávida e não tenho condições de trabalhar fora por questões de saúde. Então, aprender mais sobre novos tipos de doces é importante”, falou.

Junto com os cursos de capacitação, a Prefeitura também facilitará a abertura dos cadastros para as pessoas que tiverem a intenção de se tornarem microempreendedores individuais. “Esses cursos tem o propósito de ampliar as oportunidades de acesso ao emprego, mas também podem estimular o empreendedorismo. Para facilitar o encaminhamento para as MEI’s, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico está preparada para receber os alunos que concluírem as aulas e quiserem empreender”, antecipou o prefeito.

Profissionais do Futuro
Além destes eixos voltados para a capacitação das pessoas que já estão procurando emprego ou inseridas no mercado, a Escola das Profissões também terá iniciativas para os estudantes das escolas públicas, através do eixo “Profissionais do Futuro”. Nesta etapa da formação, os cursos serão desenvolvidos na sede do programa, próximo ao Largo da Literatura. “O prédio está sendo finalizado e, em breve, os laboratórios de tecnologia e as salas de aula serão estruturados para receber a comunidade escolar. Nosso objetivo é dar condições para jovens se conectarem aos empregos do futuro, todos bastante ligados à inovação”, explicou o prefeito.

Prefeito Pedro Almeida anuncia incentivo financeiro para feiras de negócios

A Prefeitura publicará um edital de chamamento público de apoio a eventos promovidos por entidades empresariais

O prefeito, Pedro Almeida, anunciou, na manhã desta segunda-feira (27), um importante apoio para as feiras de negócios realizadas na cidade: a Prefeitura viabilizará um incentivo financeiro aos eventos promovidos por entidades empresariais. A iniciativa foi a primeira ação apresentada durante a Semana do Desenvolvimento do Município, que seguirá até sexta-feira, 1 de julho.

Conforme o prefeito, essa é mais uma articulação dentro do programa Acelera Passo Fundo e que deverá impulsionar novos investimentos. “Queremos estar ao lado das entidades e ajudar a construir os eventos como a Liquidapasso, a Feitech e Construimóveis. Somos parceiros para que eles sejam, cada vez mais, fortalecidos. As feiras movimentam a economia e contribuem com a potencialização do emprego e da renda”, disse.

O secretário de Desenvolvimento, Diorges Oliveira, destacou que um edital de chamamento público de apoio às feiras de negócio será publicado pelo Município para a participação das entidades. “Estamos criando uma política pública de apoio com incentivo financeiro para fortalecer o empreendorismo, que já é uma marca da cidade”, enfatizou.

Para o presidente da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio (Acisa), Cássio Roberto Gonçalves, a união de forças resulta em avanços para toda a cidade. A entidade realizará, em setembro deste ano, a primeira edição da Feitech. “Esse apoio construirá pontes para que possamos trazer mais inovações e fomentar a geração de emprego e renda e o desenvolvimento de Passo Fundo. Nós falamos de uma cidade com muito potencial, e, com a Feitech, nós queremos inovar e conectar toda a cadeia e os negócios para que a cidade possa convergir para o mesmo sentido”, considerou.

Falando sobre Desenvolvimento
O Acelera Passo Fundo foi o primeiro programa implementado pelo atual governo municipal, evidenciando a preocupação com a retomada econômica durante e após a pandemia. Os seus desdobramentos têm como objetivos estimular o desenvolvimento da cidade, facilitar processos para empresas e gerar postos de trabalho aos passo-fundenses. “Desde o início da nossa gestão, procuramos apoiar a Secretaria de Desenvolvimento porque a consideramos vital para todas as conquistas nas demais áreas da cidade. No ano passado, ocupamos a quarta posição entre os municípios gaúchos que mais geraram empregos, número que mostra que todos os esforços impactaram na vida dos cidadãos. Além de diminuirmos as burocracias para quem quer empreender, criamos o Café com Emprego, ligando as pessoas às empresas”, avaliou o prefeito, Pedro Almeida.

A Semana do Desenvolvimento está sendo realizada pela Prefeitura para dialogar com a população sobre as ações já criadas e também para apresentar novas iniciativas. Até sexta-feira, diversas atividades serão desenvolvidas.

Entre as ações, está a quarta edição do Café Com Emprego, que acontecerá na quinta-feira (30), das 8h às 14h, no Clube Juvenil. De acordo com o secretário de Desenvolvimento, Diorges Oliveira, serão oferecidas cerca de 800 vagas, nos mais variados setores. “O Café com Emprego tomou uma grande dimensão, já empregando cerca de 500 pessoas. Essa edição será regional, com a participação de empresas de fora, que estão vindo a Passo Fundo para oferecer empregos. Essa é uma política pública que estamos tratando com muito cuidado e responsabilidade”, ponderou.

Na Semana do Desenvolvimento, também se destaca a assinatura de um contrato entre a Prefeitura e o Senai, na quarta-feira (29), para a implementação da Escola das Profissões. Segundo o prefeito, a escola deverá entrar em funcionamento no mês de agosto com o oferecimento de mais de 100 cursos gratuitos para a população. “Sentimos essa necessidade de profissionalizarmos os passo-fundenses para que eles tenham mais oportunidades e para que as empresas garantam aqui a mão e obra qualificada. Então, essa é mais uma iniciativa que vai trazer muitos resultados positivos”, adiantou.

Fotos; Michel Sanderi

Prefeitura promove ações dedicadas ao empreendedorismo, à inovação e ao fomento econômico

Atividades da Semana de Desenvolvimento Econômico vão promover o debate sobre a geração de emprego e renda, estímulo ao setor produtivo e também ampliar o acesso ao mercado de trabalho, através da 4ª edição do Café com Emprego, que será realizado no dia 30 de junho

Entre a segunda-feira (27) e a sexta-feira (01), a Prefeitura de Passo Fundo promove uma série de ações focadas no incentivo ao empreendedorismo, à inovação e ao fomento econômico. As iniciativas integram a Semana de Desenvolvimento Econômico, construída pela Administração Municipal como uma ferramenta para discutir o crescimento da cidade e prospectar novos negócios. Além de reuniões com o setor produtivo e a visita a diferentes empresas, a Semana vai contar ainda com a 4ª edição do Café com Emprego, que ocorre na quinta-feira, dia 30.

Para o prefeito, Pedro Almeida, a exemplo de programações no mesmo formato ocorridas na Educação e na Saúde, a promoção de uma semana dedicada ao Desenvolvimento Econômico reforça o compromisso do governo com a construção de alternativas que projetem o avanço do Município. “Vamos ter uma série de eventos para mostrar a pujança dos setores produtivos em Passo Fundo, incluindo também a participação social e o acesso às oportunidades de inclusão no mercado formal de trabalho, por meio do Café com Emprego. Nesta edição, serão mais de 850 vagas disponíveis”, revela Pedro.

Com três edições realizadas, o Café com Empregou tornou-se um dos principais vetores para alavancar o preenchimento de postos de trabalho no município, colaborando para que Passo Fundo ocupasse, em 2021, a quarta posição no ranking estadual de geração de emprego. “Queremos repetir estes bons indicadores, porque o aumento de pessoas empregadas representa um incremento na renda das famílias, o que reflete em toda a economia”, avalia Pedro, reforçando o convite para que toda a comunidade participe do evento, que inicia às 8h, no Clube Juvenil. “Os recrutadores das empresas parceiras estarão até às 14h recebendo os currículos e conversando com quem está procurando emprego. Para participar basta apresentar os documentos de identificação”.

Foco na inovação
Uma das atividades programadas para ocorrer durante a Semana de Desenvolvimento Econômico é o encontro que vai tratar da formatação do ecossistema de inovação de Passo Fundo. O assunto já vem sendo discutido pelo prefeito com universidades, órgãos de governo e empresas para alavancar o setor no município. “Esta é uma oportunidade de mobilizarmos nossos parceiros e conhecer um pouco mais das iniciativas que estão sendo realizadas e que podem ser apoiadas pela Prefeitura”, comenta Pedro, afirmando que a expectativa em torno desta atividade é bastante positiva. “Isso vai nos ajudar a prospectar novos cenários e inserir a inovação nos processos administrativos”.

Abrindo as ações da Semana, a Prefeitura vai apresentar na manhã da segunda-feira (27), no Auditório da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), um projeto para o apoio às feiras empresariais e de negócios locais, ampliando e fortalecendo o segmento. “Queremos construir espaços de promoção e divulgação de feiras e eventos, potencializando o setor. Acreditamos muito nesta Semana de Desenvolvimento Econômico como um ponto de partida para diversas iniciativas que vão trazer inúmeros resultados positivos para a cidade”, diz o secretário de Desenvolvimento, Diorges Oliveira.

Mais de 1.100 jovens passaram pelo Café com Emprego

Terceira edição do programa foi destinada aos jovens de 14 a 24 anos, disponibilizando 530 vagas para primeiro emprego, estágio e menor aprendiz e 400 vagas para cursos profissionalizantes gratuitos


Dar oportunidades aos jovens que estão iniciando no mercado de trabalho foi o objetivo da Prefeitura de Passo Fundo na terceira edição do programa Café com Emprego. O evento foi realizado nesta terça-feira (15), no Clube Juvenil, conectando pessoas de 14 a 24 anos ao primeiro emprego, vagas de estágio, menor aprendiz e cursos profissionalizantes gratuitos. Ao todo, mais de 1.100 jovens passaram pelo local.

Valéria, de 21 anos, buscou no programa uma oportunidade para o primeiro emprego. Ela realizou o cadastro, conversou com três empresas e aguarda ser chamada. “Achei a iniciativa muito boa porque conseguir o primeiro emprego é difícil. O evento ficou reservado aos jovens, oportunizando este público. Como as outras edições foram para todas as pessoas com mais de 18 anos, compareciam as com mais experiência. E, agora, nós, que estamos buscando iniciar a trajetória, temos uma chance maior”, disse.

Acompanhando de perto a terceira edição do Café com Emprego, o prefeito, Pedro Almeida, salientou a importância de o Município incentivar e apoiar os jovens. “Nesta edição, nós levamos possibilidades aos jovens que estão começando a pensar na sua carreira profissional, estabelecendo uma conexão entre eles e as empresas e entidades parceiras. O Café com Emprego é um programa que foi realizado pela primeira vez no ano passado para ajudar pessoas que estão em busca de trabalho e que já se consolidou nesta proposta, viabilizando o ingresso de 500 pessoas no mercado. Queremos seguir com a iniciativa para mais públicos, como também já fizemos com os imigrantes e para as pessoas com deficiência”, considerou.

Além de 530 vagas para primeiro emprego, estágio e menor aprendiz, de acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Diorges Oliveira, as entidades parceiras da iniciativa disponibilizaram 400 vagas em cursos profissionalizantes gratuitos. “São cursos de capacitação em diversas áreas e que significam um importante passo para a formação profissional dos jovens”, menciona, enfatizando que, no local, também foram realizadas inscrições para a conclusão do Ensino Médio a partir do EJA.

Entidades e empresas parceiras

Muitas entidades e empresas se somaram à terceira edição do Café Com Emprego. Entre elas: 7ª CRE, CIEE, Sine, Ifsul, Senac, Senai, Sim, CDL, Acisa, Instituto Mix, Microlins, Disfonte, Grazziotin, Farmácias São João, GSI, Zaffari, Castor e JBS.

Fotos: Michel Sanderi

Café com Emprego: terceira edição é direcionada aos jovens de 14 a 24 anos

Ação que será promovida pela Prefeitura no dia 15 de março contará com oportunidades para primeiro emprego e vagas para estágio e Menor Aprendiz, além da disponibilização de cursos profissionalizantes gratuitos

A terceira edição do programa Café Com Emprego, criado pela Prefeitura para conectar pessoas ao mercado de trabalho, será realizada no dia 15 de março. Desta vez, o foco será nos jovens de 14 a 24 anos, que poderão comparecer no Clube Juvenil, das 8h às 14h, para buscar o primeiro emprego ou oportunidades para estágio e Menor Aprendiz. Ao todo, serão disponibilizadas 530 vagas.

O prefeito, Pedro Almeida, afirma que o Café com Emprego é uma das principais ações do programa Acelera Passo Fundo e que tem como objetivo a geração de emprego e renda. “Queremos oportunidades para todos. Mais de 300 pessoas foram contratadas por empresas parceiras nas duas edições já realizadas. Agora, a Prefeitura também quer oportunizar os jovens que estão iniciando uma trajetória profissional”, destaca.

Além de vagas para primeiro emprego e estágio, de acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Diorges Oliveira, as entidades parceiras da iniciativa disponibilizarão 400 vagas em cursos profissionalizantes de forma gratuita. “São cursos de capacitação em diversas áreas e que significam um importante passo para a formação profissional dos jovens”, menciona, enfatizando que, no local, também serão realizadas inscrições para a conclusão do Ensino Médio a partir do EJA.

Entidades e empresas parceiras confirmadas

Muitas entidades e empresas se somaram à terceira edição do Café Com Emprego. Entre elas: 7ª CRE, CIEE, Sine, Ifsul, Senac, Senai, Sim, CDL, Acisa, Instituto Mix, Microlins, Disfonte, Grazziotin, Farmácias São João, GSI, Zaffari, Castor e JBS.