PMPF Facebook

Corticeira do Banhado

Corticeira do Banhado


Nome comum: Corticeira do Banhado

Nome científico: Erythrina crista-galli

Família: Fabaceae

Origem: Nativa do Brasil e Argentina



Descrição Morfológica:

  • Copa: Irregular com diâmetro de 5 a 8 metros;
  • Porte: Pequeno a médio;
  • Folhas: Composta trifoliolada, aculeadas, decidua, particularmente decorativa;
  • Cor da flor: Vermelho-rosada;
  • Fenologia: A floração ocorre nos meses de setembro a dezembro;
  • Frutificação: A frutificação ocorre nos meses de janeiro a fevereiro;

Usos: Espécie indicada para o paisagismo em solos encharcados ou úmido, madeira leve e macia;

Importância ecológica: Exala perfume agradável, as flores são muito procuradas pelas abelhas e pássaros. Geralmente as corticeiras em estado natural são cobertas por orquídeas. É considerada pioneira em áreas úmidas.

Texto elaborado pela Professora Dra. Evanisa R.Q. Melo - LAPEAA