PMPF Facebook

Passo Fundo, 29/03/2020, 14:16

Prefeitura e empresários chegam a acordo

Isolamento social continua em Passo Fundo

Pensando em assegurar as medidas necessárias no campo da saúde, em conjunto com a questão econômica, uma série de reuniões foi realizada neste final de semana pela Prefeitura de Passo Fundo. Participaram das discussões representantes do Comitê de Orientação Emergencial (COE), especialistas na área de saúde, entidades empresariais, grupos independentes de empresários, Câmara Municipal, Ministério Público Estadual e Ministério Público do Trabalho. Por consenso, ficou decidido que o isolamento social continuará no município nos próximos dias para enfrentar a propagação do novo coronavírus, em conformidade também com as orientações do Ministério da Saúde. As pessoas devem permanecer em casa e sair apenas em caso de necessidade, como ir ao mercado ou à farmácia. 

No dia 2 de abril nova reunião será feita para discutir o cronograma de retomada de atividades econômicas e avaliar se algumas medidas podem ser revistas. Ainda não há data prevista para que essa retomada aconteça.  Todos concordaram que é necessário estabelecer normas sanitárias rigorosas para que as empresas possam reabrir, preservando a saúde dos trabalhadores e da comunidade em geral. Um grupo formado por representantes do Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Estadual, Prefeitura e empresários discutirá essas normas, em paralelo ao debate sobre a retomada de algumas atividades econômicas.

O prefeito Luciano Azevedo enfatizou que o isolamento social segue sendo a principal medida para conter a disseminação do coronavírus, enquanto o sistema de saúde se estrutura para o aumento da demanda. “No momento precisamos que as pessoas fiquem em casa. O Ministério da Saúde reforçou essa orientação e fez um apelo para que os prefeitos e governadores não adotem medidas que prejudiquem a logística de atendimento à população. Sabemos da importância da retomada econômica para todos, mas precisamos fazer isso com cautela. A prioridade é salvar vidas”, afirmou Luciano.

“Respeitamos e aprovamos todas as medidas que foram tomadas até o momento. Achamos muito importante abrir esse canal de comunicação entre o Comitê e os empresários para poder planejar uma retomada das atividades, respeitando o que determinam os especialistas da área de saúde, mas pensando também na questão econômica”, afirmou Itamar Basso, que representa o movimento Empresários Unidos por Passo Fundo.

Para Jonatas Pens, que representa o grupo Avante Passo Fundo, é fundamental que se planeje uma forma responsável de retomada das atividades. “Precisamos de ações como o estabelecimento de um manual de conduta padrão, que respeite as normas sanitárias, um escalonamento dos funcionários para evitar aglomerações, para que essa abertura da economia aconteça com segurança e responsabilidade”, destacou.


Rua Dr. João Freitas, 75
99010-005 - Passo Fundo - RS
Telefone (54) 3316 7100

Central de Atendimento
0800 541 7100
pmpf@pmpf.rs.gov.br

Horário de atendimento:
De segunda a sexta-feira
Das 08h às 11h30min
Das 13h30min às 17h