PMPF Facebook

Passo Fundo, 07/12/2017, 15:43

Espaço Cultural recebe 900 alunos em 2017

A iniciativa começou após as revitalizações que mudaram completamente o complexo

Uma ação que busca incentivar o conhecimento de um dos locais onde está grande parte da história de Passo Fundo. Assim é o Projeto Visitação ao Espaço Cultural Roseli Doleski Pretto, que em 2017 reuniu mais de 900 alunos de 32 escolas do município.

A iniciativa começou após as revitalizações que mudaram completamente o complexo que, além de guardar a memória da história da cidade, é um patrimônio cultural. A visita é realizada com o acompanhamento dos professores e também por guias integrantes das secretarias de Cultura e de Educação, que revelam a história de cada prédio histórico e sua importância para a cidade. Com o espaço preservado, Passo Fundo mantém sua memória para as próximas gerações.

“Para termos uma ideia, no mês de março, quando abrimos o sistema para realizar a agenda das visitas, ficamos totalmente preenchidos já na segunda semana, gerando uma fila de espera. Além disso, é evidente a aceitação do roteiro por parte dos alunos e professores, pois a visitação possibilita abordar temas de forma interdisciplinar pelos alunos, enriquecendo o trabalho do professor nas suas escolas de origem”, disse a coordenadora do Núcleo do Livro, Leitura e Literatura do município, que organiza as atividades da Biblioteca Municipal, Suzana Einloft.

O Espaço Cultural Roseli Doleski Pretto
Criado a parir da Lei 4.097 de 24/12/2003, em homenagem a artista plástica Roseli Doleski Pretto (in memoriam), o espaço compreende as instalações do Teatro Municipal Múcio de Castro, Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS) e Museu Histórico Regional (MHR), Biblioteca Pública Municipal Arno Viuniski, Academia Passo-fundense de Letras e Instituto Histórico de Passo Fundo (IHPF).

Roseli Doleski Pretto com formação em Desenho e Especializada em Arte, Teorias e Métodos pelo Instituto de Artes da Universidade de Passo Fundo (UPF), foi desenhista, pintora, gravadora, atuou como professora da Faculdade de Artes e Comunicação da UPF até o ano de 2002. Seu trabalho e legado está vinculado a Coordenação da Jornada Nacional de Literatura desde sua primeira edição. Seu principal envolvimento foi nas atividades paralelas, integrando a literatura às demais expressões da arte. Suas marcas sempre foram o seu entusiasmo e sensibilidade que a moveram em todos os momentos de preparação das Jornadas, criando cartazes de divulgação, cenários de fundo de palco, angariando recursos para a realização do encontro literário.

Roseli Doleski Pretto idealizou e coordenou o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider e o Museu Histórico Regional de Passo Fundo de 1996 ao ano de 2002, quando faleceu. No ano de 2003 foi homenageada com o Espaço Cultural Roseli Doleski Pretto, por sua atuação na área cultural de Passo Fundo.

(Fotos: Divulgação)

Galeria de imagens


Rua Dr. João Freitas, 75
99010-005 - Passo Fundo - RS
Telefone (54) 3316 7100

Central de Atendimento
0800 541 7100
pmpf@pmpf.rs.gov.br